Aumento de plaquetas: conheça os alimentos importantes

Aumento de plaquetas

As plaquetas são células sanguíneas responsáveis pela coagulação do sangue, ou seja, elas atuam na cicatrização de ferimentos e cortes.

Quando o número de plaquetas está abaixo do normal, pode haver problemas de coagulação, o que pode resultar em hemorragias graves.

Por isso, é importante conhecer os alimentos que favorecem o aumento do número de plaquetas.

Plaquetas baixas: o que pode ser?

A diminuição do número de plaquetas no sangue é chamada de trombocitopenia.

Dessa forma, as causas mais comuns dessa condição incluem doenças autoimunes, infecções virais, uso de medicamentos, quimioterapia e radioterapia, além de doenças hepáticas e renais.

Assim, alguns sintomas da trombocitopenia incluem hematomas frequentes, sangramento nas gengivas e nasais, manchas roxas na pele e urina com sangue.

Alimentos para aumento de plaquetas

Alguns alimentos têm propriedades que podem ajudar no aumento de plaquetas no sangue. Confira a seguir:

  1. Abacaxi

O abacaxi é uma fruta rica em vitamina C e bromelina, uma enzima que ajuda a reduzir a inflamação. Estudos mostram que o consumo regular de abacaxi pode aumentar o número de plaquetas no sangue.

2. Beterraba

A beterraba é uma fonte rica em ferro, ácido fólico e vitamina C. Ela também contém nitratos, que ajudam a melhorar a circulação sanguínea. O consumo de beterraba pode ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

3. Kiwi

O kiwi é uma fruta rica em vitamina C, vitamina K e ácido fólico. Estudos mostram que o consumo regular de kiwi pode ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

4. Espinafre

A espinafre é uma fonte rica em ferro, vitamina C, vitamina K e ácido fólico. Ele também contém nitratos, que ajudam a melhorar a circulação sanguínea. O consumo de espinafre pode ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

5. Cenoura

A cenoura é uma fonte rica em vitamina A, que é importante para o sistema imunológico. Ela também contém vitamina C e potássio. O consumo de cenoura pode ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

6. Gengibre

O gengibre é uma raiz que contém propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Ele também ajuda a melhorar a circulação sanguínea. O consumo de gengibre pode ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

7. Alho

O alho é um alimento com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Ele também pode ajudar a melhorar a circulação sanguínea e aumentar o número de plaquetas no sangue.

Os alimentos para aumento de plaquetas

Alimentos que devem ser evitados

Assim como há alimentos que podem ajudar a aumentar o número de plaquetas, há também aqueles que devem ser evitados para não prejudicar a coagulação do sangue. Entre eles estão:

Alimentos ricos em vitamina K

A vitamina K é uma vitamina importante para a coagulação do sangue.

No entanto, o consumo excessivo de alimentos ricos em vitamina K, como espinafre, couve, brócolis e alface, pode diminuir a eficácia de medicamentos anticoagulantes.

Portanto, é importante que as pessoas que estão em tratamento com esses medicamentos consultem um médico ou nutricionista antes de incluir esses alimentos na dieta.

Álcool

O consumo excessivo de álcool pode afetar a coagulação do sangue, aumentando o risco de sangramento. Portanto, é importante limitar o consumo de álcool para não prejudicar a saúde.

Manipulados e medicamentos para aumento de plaquetas

Além dos alimentos, existem também medicamentos e manipulados que podem ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue.

No entanto, é importante lembrar que esses produtos devem ser prescritos por um médico e manipulados em farmácias de confiança.

Assim, entre os medicamentos utilizados para aumentar o número de plaquetas estão a prednisona, a imunoglobulina intravenosa e a ciclosporina.

Já entre os manipulados, podem ser utilizados suplementos de ferro, vitamina C, vitamina B12 e ácido fólico, que são nutrientes importantes para a produção de plaquetas.

Aumento de paquetas

Tratamentos para aumento de plaquetas

Além dos alimentos, medicamentos e manipulados, existem também outros tratamentos que podem ajudar a aumentar o número de plaquetas no sangue. Entre eles estão:

Transfusão de plaquetas

Esse procedimento consiste em transfundir plaquetas para o paciente que apresenta plaquetas baixas. É uma opção para pacientes com trombocitopenia grave ou que apresentam risco de sangramento.

Esplenectomia

Esse procedimento consiste na remoção cirúrgica do baço, que é responsável por destruir as plaquetas. É indicado para pacientes com esplenomegalia, que é o aumento do tamanho do baço.

Conclusão

O aumento do número de plaquetas no sangue é importante para garantir uma boa coagulação e prevenir hemorragias.

Alguns alimentos podem ajudar a aumentar o número de plaquetas, como abacaxi, beterraba, kiwi, espinafre, cenoura, gengibre e alho.

No entanto, é importante lembrar que o consumo excessivo de alguns alimentos pode prejudicar a coagulação do sangue.

Além disso, existem medicamentos, manipulados e tratamentos que podem ser indicados por um médico para ajudar no aumento das plaquetas.

Recomendamos também a leitura do conteúdo: 10 Coisas surpreendentes que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Fontes: